Como consultar o CPF de forma grátis no estado do Rio de Janeiro?

Atualmente já é possível realizar a pesquisa do CPF de forma gratuita no estado do Rio de Janeiro. A medida foi tomada pensando nos benefícios que a mesma trará para toda a sociedade carioca.

O número de golpes e fraudes envolvendo compradores e vendedores é cada vez maior e assustador no país. A própria legislação brasileira por ser ineficaz nesses casos, acaba favorecendo o acontecimento do mesmo.

Pois problemas desse gênero demoram anos para serem resolvidos pela justiça brasileira, trazendo mais incômodo e “dor de cabeça” para aquele que foi prejudicado, do que benefícios em si.

Em função dessa realidade social existente o deputado Atila Nunes propôs a instauração de uma Lei como medida de prevenção e ajuda na consulta do CPF de consumidores envolvidos em negociações de compra e venda.

Esse benefício conquistado pelo povo carioca se deu em função da lei escrita pelo Deputado   Atila Nunes. A Lei garante que a consulta do CPF seja feita de forma gratuita e pública, sendo que nela já contem multa para aquelas instituições que não cumprirem com a determinação.

Quem sancionou a medida foi o governador Luiz Fernando Pezão, a pouco mais de 5 meses, tendo saído no diário oficial em 26 de março de 2015, como Lei Nº 6978.

Para realizar a consulta é necessário que o cidadão realize um cadastro prévio, para então fazer a utilização do serviço. Empresas como SPC e SERASA – que possuem bancos de dados deste tipo – receberam a determinação instituída pela Lei de possibilitarem ao usuário realizar a consulta de CPF totalmente gratuita em seus bancos de dados – os quais são seguros e confiáveis.

As consultas já podem ser realizadas pela internet através dos sites das empresas que prestam esses serviços – como SPC e SERASA, lembrando que é uma medida que até o momento está estabelecida apenas no Rio de Janeiro.

A importância de ter o nome limpo!

Ter o seu nome limpo é algo essencial, pois qualquer transação financeira que você precisar realizar – desde uma simples compra no cartão de crédito até um empréstimo bancário, por exemplo, a empresa irá pedir seu CPF para consultar a situação do seu nome, bem como o seu histórico financeiro.

Empresas como SPC e SERASA não apenas repassam sua situação atual, como também passam todo o registro de problemas financeiros que você teve seu nome sujo.

Dessa forma, fique atento as suas condições de compra para não ultrapassar o valor que você realmente tem condições de pagar.

Bem como, você mesmo pode realizar a consulta do seu CPF e verificar se possui alguma pendência. Caso tenha, procure a empresa que possui a dívida e peça para que a mesma seja renegociada de uma forma que fique acessível para você pagar.

Outra questão que você deve ficar atento é emprestar seu nome ou cartão para terceiros fazerem compras. Atividades desse tipo não são recomendadas, pois a pessoa pode não ter condições de arcar com a despesa que fez, deixar seu nome sujo e ainda acabar com a amizade que tinha.

Não empreste seu nome nem seu cartão. Não fique com seu nome sujo!